Tinoco Branco Seco Beiras
Nome: Tinoco Classe: Vinho Branco Seco Região:  Demarcada Do Távora - Varosa Designação: Regional. Távora - Varosa Castas:  Todas as Castas da Região, Essencialmente  Malvasia Fina. Vinificação:  Sistema de bica aberta com decantação e fermentação a baixas temperaturas controladas. Nota de Prova: Aspecto:  Límpido Cor:  Tonalidade dourada. Aroma:  Frutado, com tonalidades florais. Paladar:  Notas florais acompanhadas de agradáveis e frescas sensações citrinas. Sugestões Gastronómicas:  Acompanhamento de entradas e patés, mariscos, ostras, aves e carnes numa cozinha de bom gosto e de prazer, os mais ricos e diversos. Como Servir:  Entre 7 e 10ºC Teor Alcoólico:  12,0% Vol. Acidez Total:  g/dm3-6,0 ph:  3,2 Açucares Totais:  <g/dm3-1,5 Enólogo:  Cristina Machado
Terras do Demo Branco Seco
Nome: Terras do Demo Classe: Vinho Branco Seco Região:  Demarcada Do Távora - Varosa Designação: VQPRD. Távora - Varosa Castas:  Todas as Castas da Região, Essencialmente  Malvasia Fina. Vinificação:  Sistema de bica aberta com decantação e fermentação a baixas temperaturas controladas. Nota de Prova: Aspecto:  Límpido Cor:  levemente citrina com tons palha. Aroma:  intenso, com notas complexas de citrinos e florais. Paladar:  Harmonioso, persistente com final de boca prolongado. Sugestões Gastronómicas:  Acompanhamento todo o tipo de entradas, peixes e carnes brancas. Como Servir:  Entre 7 e 10ºC Teor Alcoólico:  12,5% Vol. Acidez Total:  g/dm3-6,0 ph:  3,0 Açucares Totais:  <g/dm3-1,5 Enólogo:  Cristina Machado
Kompassus Alvarinho Beiras
Nome:  Kompassus Alvarinho Classe:  Vinho  Branco Região:  Beira Atlântico Designação: D.O.C. Beira Atlântico Casta:  Alvarinho 100% Vinificação:  Agosto de 2015 temperado e sem chuvas. Vindima no início da 2.ª semana de Setembro. Maceração pré-fermentativa em ambiente controlado. Fermentação total e estágio de 7 meses em barricas usadas de 400 litros. Notas de Provas:  É o único Alvarinho da Bairrada, e revela uma grande pureza aromática. Delicado e elegante, com notas minerais de laranja e ligeiros fumados. No sabor é rico e vibrante com notas de especiarias, ligeiro amargo, um vinho com um final muito longo. Como Servir:  Entre 8º e 10ºC Teor Alcoólico:  12,3% Vol. PARÂMETROS ANALÍTICOS Acidez total: 7,34 g/l Açucares totais: 1,6 g/l Enólogo:  Anselmo Mendes PRÉMIOS E DISTINÇÕES Colheita 2014 – Melhores de Portugal 2015, Revista de Vinhos 2016 Colheita 2015 – 17,5 pontos, Revista de Vinhos Novembro 2016; Melhor do Ano e da Região 2016 pela Revista de Vinhos Fev 2017
Beira Interior Branco Anselmo Mendes
Nome:  Beira Interior Classe:  Vinho  Branco Região:  Beira Interior Designação: D.O.C Beira Interior Casta:  Síria Tipo de vinho:  Anselmo Mendes Beira Int. é um vinho produzido na região da Beira Interior, sub-região da Cova da Beira. Região rodeada pela Serra da Estrela, Marofa e Malcata é caracterizada por um clima agreste com temperaturas negativas no Inverno e Verões muito quentes e secos. Para este vinho utilizámos vinhas velhas da casta Síria, a casta branca mais plan­tada na região. Vinificação:  Uvas colhidas manualmente em caixas pequenas e transportadas para a adega num curto espaço de tempo. Desengace total. Prensagem suave de uvas inteiras desengaçadas. Longa clarificação com frio. Fermentação em barricas de carvalho francês de 400 litros. Estágio de 9 meses com bâtonnage regular sobre borras totais. Estágio de 24 meses em garrafa, onde evoluiu positivamente. Notas de Provas:  Cor amarelo citrino. Notas cítricas e flo­rais bem integradas com aromas nobres da barrica. Nuances de frutos secos, que­rosene e reflexos vegetais característicos da Síria. Boca cremosa com forte untuosi­dade com um final fresco, longo e mineral. Como Servir:  Entre 10º e 12ºC Teor Alcoólico:  12.5% Vol.  pH:  3,29 Acidez Total: 6,5 g/L Enólogo:  Anselmo Mendes
Irmãos Unidos Branco Beiras
Nome: IRMÃOS UNIDOS Classe: Vinho Branco Região:  Beiras Designação:  Vinho Regional Beiras Castas:  Maria Gomes 55%, Bical 38% e Arinto 7%. Vinificação:  As uvas foram prensadas em prensas pneumáticas e de pratos. O mostro foi clarificado por sedimentação estática e fermentou durante 12 dias a temperatura controlada e cubas de aço inoxidável. Foi colado e filtrado antes do engarrafamento. Nota de Prova:  Cor Amarela cítrica Aroma:  Intenso a frutos e flores, como ananás, tília e rosas. Possui ainda evidentes notas minerais, que complexam os aromas frescos anteriormente descritos. Sabor:  Ataque fresco e aromático, possuindo boa acidez e persistência gustativa. Sugestões Gastronómicas:  Acompanhamento de mariscos ostras, peixes e carnes brancas. Como Servir:  Entre 6º e 7ºC Teor Alcoólico:  11,5% Vol. Potencial de envelhecimento:  3 Anos Análise Físico-Química Acidez volátil ( g acético/l ) 0,20 Acidez total ( g tartárico/l ) ,5,80 ph: 3,15 Extracto seco total ( g/l ): 20,5 Açucares totais ( g/l ): 1,8 SO2  Total ( mg/l ): 86 Enólogo:  José Carvalheira  
Poço do Lobo Arinto Branco 1994
Nome: Poço do Lobo Arinto 1994 Classe: Vinho Branco Região:   Beiras Designação:   Vinho Regional Beiras Castas:   100%  Arinto Sugestões Gastronómicas:   Acompanhamento de mariscos ostras, peixes e carnes brancas. Como Servir:  Entre 6º e 7ºC Teor Alcoólico:  11,5% Vol. Enólogo:  José Carvalheira
Poço do Lobo Arinto Branco 1995
Nome: Poço do Lobo Arinto 1995 Classe: Vinho Branco Região:   Beiras Designação:   Vinho Regional Beiras Castas:   100%  Arinto Sugestões Gastronómicas:   Acompanhamento de mariscos ostras, peixes e carnes brancas. Como Servir:  Entre 6º e 7ºC Teor Alcoólico:  11,5% Vol. Enólogo:  José Carvalheira