Dão Tinoco Branco
Nome:  Dão Tinoco Classe:  Vinho Branco Região:  Dão Designação: D.O.C. Dão Castas:  Encruzado, Assaria Branco, Borrado das Moscas e Cercial Vinificação:  Tradicional em depósitos de inox com controlo de temperatura. Notas de Prova:  Um vinho fresco seco de cor citrina e com aroma delicado. Sugestões Gastronómicas:  Ideal para acompanhar peixe, marisco, "fois grás" e ovos Como Servir:  Entre 6º a 8ºc . Teor Alcoólico:  13% Vol. Enólogo:  João Plácido
Dão Adega de Penalva Encruzado Branco
Nome:  Dão Encruzado Classe:  Vinho Branco Região:  Dão Designação:  D.O.C. Dão Castas:  Encruzado 100% Vinificação: Esmagamento com desengace, sem maceração pelicular e fermentação. Em cubas de inox  com temperatura controlada utilizando leveduras seleccionadas. Com Final de fermentação em barricas  de carvalho francês. Notas de Prova: Amarelo limão, aroma delicado com notas minerais, frutadas e fumadas. Sabor forte, fresco, persistente e com carácter inconfundível da casta. Envelhecimento:  Estágio em barricas durante 6 meses Sugestões Gastronómicas:  Consumir com crustáceos, peixes delicados ou carnes brancas. Estimativa de Guarda:  3 a 7 anos Temperatura:  Entre 10º a 12ºC. Acidez Total:– 6 g/L Acidez Volátil: – 0,23 g/L pH: – 3,25 Grau Alcoólico:  13,5% Vol. Enólogo: Professor:  Virgílio Loureiro
Dão Adega de Penalva Malvasia Fina Branco
Nome:  Adega de Penalva Classe:  Vinho Branco Região:  Dão Designação:  D.O.C. – Sub Região de Castendo da Região Demarcada do Dão Castas:  Malvasia-Fina Vinificação:  Vinificado  a partir da casta Malvasia-Fina, foi fermentado em cubas de inox com temperatura controlada. Vinho Jovem e fresco de aroma bem frutado e típico com estrutura e boa persistência. Notas de Prova:  Trata-se de um branco com maior estrutura dando para guardar 1 ano ou para consumo imediato. Sugestões Gastronómicas:  Acompanha bem todos os pratos de peixe. Ou carnes leves. Como Servir:  Entre 10º a 12ºC. Acidez Total:–5.6 g/L Acidez Volátil: – 0,26 g/L pH: – 3,07 Grau Alcoólico:  13,0% Vol. Enólogo Professor:  Virgílio Loureiro
Dão Rotulo Branco Niepoort
Nome:  Dão Rotulo Niepoort Classe: Vinho Branco Região:  Dão Designação:  D.O.C. Dão Castas:  Encruzado, Borrado das Moscas, Rabo de Ovelha e Cercial. Idade das Cepas:  Entre os 40 e 60 anos. Fermentação:  Cubas de Inox Vinificação:  O ano vitícola de 2017 ficou marcado por um Inverno seco, com níveis de precipitação muito inferiores à média dos últimos 30 anos. Seguiu-se uma Primavera quente e seca, com ondas de calor que se prolongaram até ao início do Verão. Com a subida das temperaturas médias e a ausência de precipitação, a videira evidenciou um avanço na fenologia de cerca de 15 dias, desde o abrolhamento até ao Pintor. Esta situação manteve-se durante o Verão o que originou um início precoce de vindima, sendo particularmente intensa e de muito curta duração. As uvas oriundas de vinhas velhas foram cuidadosamente transportadas para a adega, onde foram prensadas. A fermentação alcoólica decorreu em cubas de inox, seguindo-se um estágio de 12 meses em cubas de cimento na presença de borras finas. Nota de Prova:  De cor amarelo brilhante e muito leve, o Rótulo branco 2017 tem um aroma inicialmente tímido mas muito delicado, com notas de pêra, flores brancas, em harmonia com algumas notas de pedra. Com bom volume de boca, é um branco suave e com boa textura, suportado por uma boa acidez e boas notas citrinas. Proporciona um final de boca longo, com notas de fruta e ervas frescas. Para beber, sem complicações, nas mais diversas ocasiões. Sugestões Gastronómicas:  Peixes delicados, saladas e todo o tipo de carnes brancas. Queijos de sabor suave de pasta dura Como Servir:  Entre 8º a 10ºC. Teor Alcoólico: 12.5 % Vol. Análise Físico-Química Extracto seco – 19.3 Açúcar residual  G/DM3 )  1 PH  3.26 Acidez Total ( G/DM3 ) 5.06 Acidez volátil ( G/DM3 ) 0,39 SO2 Livre de Enchimento ( MG/DM3 ) 31 SO2  Total ( MG/DM3): 132 Massa Volúmica ( G/CM3 ) 0.99 Enólogo:  Dirk Niepoort
Dão Conciso Branco 2016 Niepoort
Nome:  Dão Conciso 2016 Niepoort Classe: Vinho Branco Região:  Dão Designação:  D.O.C. Dão Castas:  Bical, Malvasia, Encruzado. Idade das Cepas:  Entre os 60 e 100 anos. Fermentação:  Tanques de Granito É a terceira edição do Conciso Branco, onde mais uma vez se procurou criar um vinho fresco e elegante, que mostre todo o potencial das vinhas velhas e do terroir de granito do Dão. As uvas são provenientes da Quinta da Lomba, onde existem parcelas centenárias com predominância das castas Bical, Encruzado, Malvasia, entre outras castas autóctones da região Vinificação:  O ano vitícola de 2016 ficou marcado por um Inverno ameno, mas com níveis de precipitação e humidade muito elevados na Primavera, que se prolongaram até ao início do Verão. Não obstante a pressão que tais condições climatéricas causaram na vinha, fruto das práticas biodinâmicas aplicadas e que lhe criaram elevada capacidade de resistência, foram totalmente evitados quaisquer danos na planta. Fruto das referidas condições climatéricas, a vindima foi iniciada apenas no dia 12 de Setembro, ou seja tardiamente, como resultado do atraso no processo de maturação das uvas. Ainda assim, foi realizada sem precipitação, o que permitiu melhorar a concentração da uva. O vinho foi vinificado em cubas de granito com temperatura controlada e após fermentação estagiou durante 20 meses em barricas usadas de 500L, sem bâtonnage, onde efectuou a fermentação maloláctica Nota de Prova:  O Conciso Branco 2016 mostra uma bonita cor citrina. O aroma, fino e envolvente é harmonioso nas notas de especiarias, ligeiro vegetal, fruta branca, ervas aromáticas e um recorte mineral. Menos evidente nas notas de barrica que as colheitas anteriores, é um branco com mais garra e mais volume de boca mas muito tenso e com acidez marcada. Complexo, é um branco que precisa de tempo para se mostrar no copo, perfeito para acompanhar pratos com alguma gordura. Final de boca muito longo e fresco. Sugestões Gastronómicas:  Pratos de Bacalhau e outros peixes gordos. Enchidos regionais e harmoniza muito bem com Queijo da Serra da Estrela Como Servir:  Entre 11º a 12ºC. Teor Alcoólico: 11.5 % Vol. Análise Físico-Química Extracto seco ( G/DM3 )  18 Açúcar residual ( G/DM3 )  0.7 PH  3.09 Acidez Total ( G/DM3 ) 6.87 Acidez volátil ( G/DM3 ) 0,37 SO2 Livre de Enchimento ( MG/DM3 ) 22 SO2  Total ( MG/DM3): 72 Massa  Volúmica ( MG/DM3): 0.99 Enólogo:  Dirk Niepoort
Dão Porta Cavaleiros Branco Caves São João
Nome: Dão Porta Cavaleiros Classe: Vinho Branco Região: Dão Designação: D.O.C. Dão Castas: Malvasia 45%, Encruzado 35% e Bical 20% Vinificação: Uvas provenientes de alguns dos melhores terroirs da região do Dão vinificadas de forma cuidada pela tecnologia clássica de fermentação em cuba de aço inoxidável com controlo de temperatura. Fermentação: Em cubas de inox com temperatura controlada. Nota de Prova: Cor Amarela citrina pálida. Sugestões Gastronómicas: Peixes, mariscos e carnes magras. Como Servir: Entre 7º a 8ºC. Teor Alcoólico: 12.5% Vol. Enólogo: José Carvalheira
Dão Porta Cavaleiros Reserva Branco 1985
Nome:  Dão Porta Cavaleiros Reserva 1985 Classe:  Vinho Branco Região:  Dão Designação:  D.O.C. Dão Castas: Malvasia 45%, Encruzado 35% e Bical 20% Vinificação:  Uvas provenientes de alguns dos melhores terroirs da região do Dão vinificadas de forma cuidada pela tecnologia clássica de fermentação em cuba de aço inoxidável com controlo de temperatura. Temperatura:  Entre 7º a 8ºC. Teor Alcoólico:  12.5% Vol.
Dão Porta Cavaleiros Reserva Branco 1984
Nome:  Dão Porta Cavaleiros Reserva 1984 Classe:  Vinho Branco Região:  Dão Designação:  D.O.C. Dão Castas: Malvasia 45%, Encruzado 35% e Bical 20% Vinificação:  Uvas provenientes de alguns dos melhores terroirs da região do Dão vinificadas de forma cuidada pela tecnologia clássica de fermentação em cuba de aço inoxidável com controlo de temperatura. Temperatura:  Entre 7º a 8ºC. Teor Alcoólico:  12.5% Vol.
Dão Porta dos Cavaleiros Reserva Branco 1984 1,5 Litro
Nome:  Dão Porta Cavaleiros Reserva 1984 Classe:  Vinho Branco Região:  Dão Designação:  D.O.C. Dão Castas: Malvasia 45%, Encruzado 35% e Bical 20% Vinificação:  Uvas provenientes de alguns dos melhores terroirs da região do Dão vinificadas de forma cuidada pela tecnologia clássica de fermentação em cuba de aço inoxidável com controlo de temperatura. Temperatura:  Entre 7º a 8ºC. Teor Alcoólico:  12.5% Vol.
Dão 98 Anos História Branco
Nome:  Dão 98 Anos História ( Colheita 2017 ) Classe:  Vinho Branco Região:  Dão Designação:  D.O.C. Dão Castas: Encruzado (80%), Cerceal-Branco (10%) e Malvasia-Fina (10%) Vinificação:  Este vinho foi criado com intervenção mínima, de forma a respeitar-se o potencial qualitativo das excepcionais uvas que o originaram, bem como respeitando o classicismo dos vinhos brancos do Dão e os das Caves São João, em particular. Por tal, o seu estágio sobre borras finas, decorreu em vasilhas de madeira, já longamente avinhadas, por um período de 6 meses, tendo sido engarrafado sem estabilização, após uma muito grosseira filtração. Nota de ProvaCor Amarela palha. Aroma: Muito complexo, com evidentes notas minerais (sílex e pederneira), fósforo, especiarias, vegetal seco e muito ténues apontamentos frutados e de flores secas. As notas de madeira estão perfeitamente integradas, sendo praticamente imperceptíveis. Sabor:  Possui grande frescura e volume gustativos, sendo no entanto também elegante, e bastante persistente, características que lhe conferem excelente aptidão gastronómica e para envelhecer. Estimativa de Guarda:  10 anos Pratos recomendados:  Peixes, ostras, queijos, bem como carnes magras, entre muitas outras iguarias Temperatura:  Entre 9º a 11ºC. Teor Alcoólico:  13.3% Vol. Análise Físico-Química Acidez volátil ( g acético/l ) 0,24 Acidez total ( g tartárico/l ) 6.10 ph: 3,04 Extracto seco total ( g/l ): 20.3 Açucares totais ( g/l ): 0.8 SO2  Total ( mg/l ): 137 Enólogo:  José Carvalheira