Quinta da Boa Esperança Rosé
Nome:  Quinta da Boa Esperança Classe:  Vinho Rosé Região:  Lisboa Designação: Vinho Regional Lisboa Castas:  Castelão (40%),Touriga Nacional (40%) e Syrah (20%) Nas Terras argilo-calcárias da Zibreira a Quinta da Boa Esperança é temperada pela influência marítima e beneficia de uma exposição solar de excelência. Em sintonia com a Natureza e com os antigos saberes, criamos um vinho genuíno que nos transporta a uma experiência única. Vindima:  100% manual para caixas de 15 kg Vinificação:  Desengace total e fermentação em inox com temperatura controlada de 12 graus. Nota de Prova:  De cor salmão pouco intensa, aroma fino delicado. Na boca é fresco, estruturado, intenso, com final muito longo Como Servir:  Servir a uma temperatura de 8ºC. Dados Analíticos: pH:  3,38 Acidez Total: 5.29 g/L Teor Alcoólico:  12.5% Vol.
Quinta da Boa Esperança Rosé 1,5 Litro
Nome:  Quinta da Boa Esperança Classe:  Vinho Rosé Região:  Lisboa Designação: Vinho Regional Lisboa Castas:  Castelão (40%),Touriga Nacional (40%) e Syrah (20%) Nas Terras argilo-calcárias da Zibreira a Quinta da Boa Esperança é temperada pela influência marítima e beneficia de uma exposição solar de excelência. Em sintonia com a Natureza e com os antigos saberes, criamos um vinho genuíno que nos transporta a uma experiência única. Vindima:  100% manual para caixas de 15 kg Vinificação:  Desengace total e fermentação em inox com temperatura controlada de 12 graus. Nota de Prova:  De cor salmão pouco intensa, aroma fino delicado. Na boca é fresco, estruturado, intenso, com final muito longo Como Servir:  Servir a uma temperatura de 8ºC. Dados Analíticos: pH:  3,38 Acidez Total: 5.29 g/L Teor Alcoólico:  12.5% Vol. Enólogo:  Paula Fernandes
Quinta da Boa Esperança Rosé 3 Litros
Nome:  Quinta da Boa Esperança Classe:  Vinho Rosé Região:  Lisboa Designação: Vinho Regional Lisboa Castas:  Castelão (40%),Touriga Nacional (40%) e Syrah (20%) Nas Terras argilo-calcárias da Zibreira a Quinta da Boa Esperança é temperada pela influência marítima e beneficia de uma exposição solar de excelência. Em sintonia com a Natureza e com os antigos saberes, criamos um vinho genuíno que nos transporta a uma experiência única. Vindima:  100% manual para caixas de 15 kg Vinificação:  Desengace total e fermentação em inox com temperatura controlada de 12 graus. Nota de Prova:  De cor salmão pouco intensa, aroma fino delicado. Na boca é fresco, estruturado, intenso, com final muito longo Como Servir:  Servir a uma temperatura de 8ºC. Dados Analíticos: pH:  3,38 Acidez Total: 5.29 g/L Teor Alcoólico:  12.5% Vol. Enólogo:  Paula Fernandes
Quinta da Boa Esperança Rosé 750 Ml – 1.5 L – 3 L
Nome:  Quinta da Boa Esperança Classe:  Vinho Rosé Região:  Lisboa Designação: Vinho Regional Lisboa Castas:  Castelão (40%),Touriga Nacional (40%) e Syrah (20%) Nas Terras argilo-calcárias da Zibreira a Quinta da Boa Esperança é temperada pela influência marítima e beneficia de uma exposição solar de excelência. Em sintonia com a Natureza e com os antigos saberes, criamos um vinho genuíno que nos transporta a uma experiência única. Vindima:  100% manual para caixas de 15 kg Vinificação:  Desengace total e fermentação em inox com temperatura controlada de 12 graus. Nota de Prova:  De cor salmão pouco intensa, aroma fino delicado. Na boca é fresco, estruturado, intenso, com final muito longo Como Servir:  Servir a uma temperatura de 8ºC. Dados Analíticos: pH:  3,38 Acidez Total: 5.29 g/L Teor Alcoólico:  12.5% Vol. Enólogo:  Paula Fernandes
Quinta da Boa Esperança Rosé Atlântico
Nome:  Quinta da Boa Esperança Rosé Atlântico Classe:  Vinho Rosé Região:  Lisboa Designação: Vinho Regional Lisboa Castas:  Castelão (40%),Touriga Nacional (40%) e Syrah (20%) Nas Terras argilo-calcárias da Zibreira a Quinta da Boa Esperança A escassos 15 km do Atlântico esta vinha que o olha de frente, adquire toda a mineralidade e frescura que se encontram neste vinho. Um rosé único e diferenciado pela sua expressiva acidez, enorme frescura e uma salinidade tão marcada que o torna texturado. Vinificação: Uma leve cor salmão, volumoso e estruturado Vindimadas à mão, uvas cuidadosamente seleccionadas para caixas de 15Kg. Na adega, prensagem suave de cachos inteiros, de forma a garantir a leve tonalidade salmão, seguida de fermentação com temperatura controlada entre 10/12º Nota de Prova: ideal para pratos de peixe, marisco e saladas ou mesmo pratos de carnes brancas. Como Servir:  Servir a uma temperatura de 8ºC. Dados Analíticos: pH:  3,28 Acidez Total: 7.37 g/L Teor Alcoólico:  12.3% Vol. Enólogo:  Paula Fernandes