Herdade da Ajuda Rosé
Nome:  Ajuda Classe:  Vinho Rosé Região:  Vendas Novas - Alentejo Designação:  Vinho Regional Alentejano Castas:  Castelão e Touriga Nacional Vinificação: As uvas destinadas ao Herdade da Ajuda Rosé, foram vindimadas durante a 1ª semana de Setembro, e vinificadas em bica aberta. O mosto foi decantado pelo frio e a fermentação ocorreu com temperatura controlada a 17ºc durante 10 dias. Estágio:  Em cuba durante 6 meses e garrafa 2 meses. Engarrafado:  sem estabilização para não afectar o potencial de evolução do vinho, estando sujeito a criar ligeiro depósito natural durante o estágio em garrafa. Nota de Prova:  Cor salmão profundo, aromas de frutos vermelhos, morango e framboesa. Boca untuosa e equilibrada  com acidez e conferir boa frescura e final de média persistência Sugestões Gastronómicas:  Herdade da Ajuda Rosé é um vinho elegante e saboroso, ideal para ser servido simples ou como aperitivo. É excelente como acompanhamento de vários tipos de pratos quer se trate de peixe ou carne grelhada, saladas variadas e massas. Como Servir:  Entre 8º e 10ºC Teor Alcoólico:  13.0% Vol. Acidez Total:  5.6 g/l Açucares Totais:  0.4g/l pH:  3.48 Enólogo:  António Ventura PRÉMIOS 1º Prémio - Talha de Ouro - XX Concurso da Confraria dos Enófilos do Alentejo
S de Sol Rosé ( Helix )
Nome:  S de Sol Classe:  Vinho Rosé Região:  Alentejo Designação:  Vinho Regional Alentejano Castas:  Aragonêz, Tinta Caiada e Alfrocheiro Vinificação:  Fermentação em cubas de inox com temperatura de fermentação controlada de 14ºC, em câmara de frio. Longevidade:  1 a 2 anos. Nota de Prova:  Um vinho de perfil jovem e fresco, de cor citrina. Apresenta aromas de frutos tropicais e notas minerais. Na boca é macio e a sua acidez desperta a componente de fruta, e prolonga a sua degustação. Sugestões Gastronómicas:  Como aperitivo ou com pratos de peixe cozido ou grelhado. Como Servir:  Entre 6 e 8º C. Teor Alcoólico:  13.0% Vol. Enólogo:  Nelson Rolo  
Lusitano Rosé
Nome:  Lusitano Seleção Classe:  Vinho Rosé Região:  Alentejo Designação:  Vinho Regional Alentejano Castas:  Aragonêz e Alfrocheiro Vinificação:  As castas são vinificadas separadamente, sendo conduzidas para depósitos rotativos de fermentação “vinimatic”, onde permanecem entre 6 a 10 horas, em baixa rotação, de forma a obter-se uma suave extracção de cor. Após este período o mosto é conduzido, para a câmara de frio, onde fermenta a uma temperatura controlada entre 13 e 15 º C.. Nota de Prova:  Com o potencial aromático do Aragonêz e Alfrocheiro, este rosé apresenta um aroma a groselhas e a ameixas frescas, de estrutura elegante, é fresco e de persistência prolongada. Sugestões Gastronómicas:  Com mariscos, saladas e peixe grelhado. Como Servir:  Entre 8º e 10ºC. Teor Alcoólico:  13.0% vol. Enólogo:  Nelson Rolo
Vinha D’´Ervideira Rosé
Nome:  Vinha D´Ervideira Classe: Vinho  Rosé Região:  Alentejo Region:  Alentejo Designação:  D.O.C – Alentejo Designation:  DOC – Alentejo Castas:  Touriga Nacional, Aragonêz, Tinta Caiada e Alfrocheiro Grape Varieties:  Touriga Nacional, Aragonêz, Tinta Caiada and Alfrocheiro Vinificação:  As castas são vinificadas separadamente, sendo conduzidas para depósitos rotativos de fermentação “Vinimatic”, onde permanecem entre 6 e 10 horas, em baixa rotação, de forma a obter-se uma suave extracção de cor. Após este período o mosto é conduzido para a câmara de frio, onde fermenta a uma temperatura controlada de 13 a 15ºC. Vinificação:  As castas são vinificadas separadamente, sendo conduzidas para depósitos rotativos de fermentação “Vinimatic”, onde permanecem entre 6 e 10 horas, em baixa rotação, de forma a obter-se uma suave extracção de cor. Após este período o mosto é conduzido para a câmara de frio, onde fermenta a uma temperatura controlada de 13 a 15ºC. Vinification:  Grape varieties are separately vinifies and then sent to rotating fermentation deposits “Vinimatics”, for 6 to 10 hours, in low rotation, in order to obtain a soft colour extraction. After this period, the must is sent to the cold chamber, for fermentation, at a controlled temperature between 13º to 15º C Longevidade:  3 a 4 anos. Longevity:  3 to 4 years Prova:  Com o potencial aromático do Aragonêz, complexado com a elegância da Tinta Caiada, desenhou-se este Rosé, pleno de aromas de frutos vermelhos, na boca surge fresco de estrutura elegante, com uma agradável persistência a convidar à degustação. Taste:  With the aromatic potential of the Aragonêz ans the Touriga Nacional, complexed by the elegance of Tinta Caiada, this rosé presents an aroma of blackcurrant and fresh plums, an elegant. Fresh structure ans a long persistence finish. Como Servir:  Entre 7 a 9º C, com peixe assado no forno, peixe fumado e saladas. How to Serve:  Between 7º and 9º C, with oven roast fish, smoked fish and salads Teor Alcoólico:  14.0% Vol. Enólogo/ Oenologist:  Nelson Rolo
Couteiro-Mor Rosé
Nome:  Couteiro-Mor Classe: Vinho  Rosé Região: Montemor O Novo -  Alentejo Designação: Vinho Regional Alentejano Castas:  Aragonez Vinificação:  Mosto arrefecido até 10º C com repouso de 48 horas. É trasfegado para cubas de fermentação a temperatura controlada de 16º a 18ºC durante cerca de 2 semanas. Estágio em depósitos de aço inox até ao engarrafamento no período de 1 ano. Sugestões Gastronómicas:  Excelente aperitivo. Liga muito bem com pratos italianos (pizzas e pastas) tal como pratos de carne grelhada pouco gorda. Como Servir:  Entre 10º e 12ºC. Teor Alcoólico:  13.0% Vol. Enólogos:  Anselmo Mendes & Diogo Lopes
Herdade dos Machados – Santos Jorge Rosé
Nome:  Herdade dos Machados - Santos Jorge Rosé Classe: Vinho  Rosé Região:  Moura – Alentejo Designação:  D.O.C. Alentejano Castas:  Trincadeira 80% e Aragonêz 20% Vinificação:  Sistema tradicional de bica-aberta com esmagamento das uvas sem desengace decantação estática do mostro durante 48 horas a uma temperatura de 10ºC Fermentação:  Em cubas de aço inox a uma temperatura de 17 a 18ºC. Nota de Prova:  Cor salmão profundo, aromas intenso com ligeiro vegetal bem característico da casta dominante, sabor frescura ácida e uma persistência gustativa bem evidentes. Sugestões Gastronómicas:  Acompanha pratos de carnes não condimentadas (carnes brancas) é óptimo para pratos de peixe e marisco. Como Servir:  Entre 10º e 12ºC. Teor Alcoólico:  12.5% Vol. Enólogo:  João Melícias Duarte