Borba Tinto

Nome: Borba

Classe: Vinho Tinto

Região: BORBA - Alentejo

Designação: D.O.C. Alentejo

Castas: 50% Aragonêz, 50% Trincadeira

Sistema de Vinificação: Fermentação em curtimenta completa e controlo de temperatura controlada de 25ºC

Notas de Prova: apresenta aromas de frutos vermelhos. Na boca é redondo e macio, prolongando,  taninos fortes e maduros e final leve e elegante.

Sugestões de Gastronómicas: Pratos de Carnes grelhadas ou assadas, arroz de miúdos ou pataniscas de bacalhau, enchidos e queijos.

Teor Alcoólico: 13.0% Vol

Temperatura como servir: 16-18ºC

Enólogo: Maia

Borba Tinto 375 Ml
Nome:  Borba Tinto 375 Ml Classe:  Vinho Tinto Região:  Borba - Alentejo Designação: D.O.C. Alentejo Castas:  Aragonêz, Trincadeira e Alicante Bouschet Vinificação:  vinificadas em pequenas cubas e com maceração moderada, foi possível obter este vinho de aromas elegantes, com notas minerais e um bom volume na boca revelando um final com acidez equilibrada e persistente Notas de Prova:  Este é um vinho tinto DOC Borba capaz de nos transmitir muita da tipicidade dos vinhos da região. Elaborado a partir das castas Trincadeira, Aragonês e Alicante Bouschet, vinificadas em Sugestões de Gastronómicas:  . Com pratos de caça, migas alentejanas e outros pratos da gastronomia tradicional da região.   Temperatura como servir:  16ºC   Características Químicas:
  • Acidez Total: 5,2 g/dm3
  • Acidez Volátil: 0,6 g/dm3
  • PH: 3,5
Teor Alcoólico:  13.5% Vol. Enólogo:  António Ventura
Borba Reserva Tinto
Nome:  Borba Reserva Classe:  Vinho Tinto Região: Borba - Alentejo Designação:  D.O.C  Alentejo Castas:  Aragonêz, Trincadeira, Syrah e Alicante. Bouschet. Vinificação:  Em pequenas cubas e com maceração prolongada, foi possível obter este vinho de aromas complexos, com nuances intensas de mineralidade e uma ligeira nota da madeira de estágio. Na boca revela-se elegante, com taninos suaves e notória untuosidade, bem casada com acidez equilibrada e persistente. Sugestões Gastronómicas:  Com pratos de caça, migas alentejanas e outros pratos da gastronomia tradicional da região Temperatura a Servir:  15 a 16ºC Características Químicas:
  • Acidez Total: 5,0 g/dm3
  • Acidez Volátil: 0,71 g/dm3
  • PH: 3,60
Teor  Alcoólico:  13.5% Vol. Enólogo:  António Ventura
Mamoré de Borba Tinto
Nome:  Mamoré de Borba Classe:  Vinho Tinto Região:  Borba - Alentejo Designação: D.O.C. Alentejo Castas:  Alicante Bouschet, Syrah e Castelão Vinificação:  vinificadas em pequenas cubas e com maceração moderada. Notas de Prova: Cor rubi intensa, aromas de perfil mineral (grafite) com notas mentoladas com algumas nuances de frutos de bosque e chocolate negro. Boca com excelente volume e taninos sedosos bem integrados na estrutura do vinho, a proporcionarem final longo e persistente. Sugestões de Gastronómicas:  Companhia perfeita para Pratos da Gastronomia Tradicional Alentejana, com destaque para Porco Preto Grelhado. Temperatura como servir:  16ºC Características Químicas:
  • Acidez Total: 5,0 g/dm3
  • Acidez Volátil: 0,49 g/dm3
  • PH: 3,55
Teor Alcoólico:  14% Vol. Enólogo:  António Ventura
Adega do Passo Colheita Seleccionada Tinto
Nome: Adega do Passo (Colheita Seleccionada) Classe: Vinho Tinto Região: Borba - Alentejo Designação: Vinho Regional Alentejano Castas: Aragonêz e Trincadeira Vinificação: Curtimenta com maceração prolongada a controlo de temperatura a 27 / 29ºC. Nota de Prova: Aroma a frutos vermelhos, macio e frutado com taninos leves e maduros. Boca ligeiramente prolongada Sugestões Gastronómicas: Para acompanhar pratos de carne vermelha e caça, queijos de meia cura ou cura prolongada. Teor Alcoólico: 14.0% Vol. Temperatura como servir: 15 a 16ºC Enólogo: Maia
Encostas da Cela Tinto
Nome:  Encostas da Cela Classe:  Vinho Tinto Região:  Borba - Alentejo Designação: D.O.C. Alentejo Castas:  Aragonêz, Trincadeira e Alicante Bouschet Vinificação:  vinificadas em pequenas cubas e com maceração moderada, foi possível obter este vinho de aromas elegantes, com notas minerais e um bom volume na boca revelando um final com acidez equilibrada e persistente Notas de Prova:  Este é um vinho tinto DOC Borba capaz de nos transmitir muita da tipicidade dos vinhos da região. Elaborado a partir das castas Trincadeira, Aragonês e Alicante Bouschet. Aroma elegante e frutado, com alguma mineralidade, revelando na boca um bom volume com frescura e final longo. Sugestões de Gastronómicas:  . Com pratos de caça, migas alentejanas e outros pratos da gastronomia tradicional da região.   Temperatura como servir:  16ºC   Características Químicas:
  • Acidez Total: 5,2 g/dm3
  • Acidez Volátil: 0,6 g/dm3
  • PH: 3,5
Teor Alcoólico:  13.5% Vol. Enólogo:  António Ventura
Almançor Tinto Colheita Seleccionada
Nome:  Almançor Colheita Seleccionada Classe:  Vinho tinto Região: Montemor-O-Novo Alentejo Designação:  Vinho Regional Alentejano Castas:  Aragonêz, Syrah e Alicante Bouschet da Vidigueira Quinta do Pomar das Almas Courelas do Pencal, Vila Ruiva, na família desde o século XVIII, pela vontade de gerações, com alma da terra e o encantamento dos bisnetos surge este vinho. Vinificação:  Vindima manual desengace total. Maceração pré fermentativa. Fermentação a 22/25º C e maceração durante 10 dias. Estagio em cubas inox Nota de Prova:  Cor ruby  brilhante. Aroma a frutos vermelhos maduros. Na boca volumoso e elegante. Teor Alcoólico:  15.5º C Enólogo:  Jorge Pascoa
Almançor Tinto Reserva
Nome:  Almançor Reserva Classe:  Vinho tinto Região: Montemor-O-Novo- Alentejo Designação:  Vinho Regional Alentejano Castas:  Aragonêz, Alicante Bouschet. Nota Informativa:  Courelas do Pencal, Vila Ruiva, na família desde o séc. XVII, pela vontade   gerações, com alma da terra e o encantamento dos bisnetos, surge este vinho. Vinificação:  Vindima manual desengace total. Maceração pré fermentativa. Estágio em carvalho francês durante 6 meses. Nota de Prova:  Aroma a frutos vermelhos, notas florais e especiarias. Final longo e persistente. Teor Alcoólico:  15.5º C Enólogo:  Diogo Lopes Prémios: Challenge International Du Vin Medalha Ouro France 2018
Xico Garcia
Nome:  XICO GARCIA Classe:  Vinho Tinto Região:  Vidigueira – Alentejo Designação: D.O.C. Alentejo Castas:  A partir de castas seleccionadas Vinificação:  Nasceu um vinho bastante encorpado, aroma intenso a frutos vermelhos e de paladar suave e aveludado. Este vinho bastante encorpado, aroma intenso a frutos vermelhos e de paladar suave e aveludado. Este vinho é uma escolha segura para consumo do dia a dia. Sugestões Gastronómicas:  Para acompanhar pratos de carne ou queijos. Temperatura:  18 a 20ºC Teor Alcoólico:  14.0% Vol. Enólogo: João Melícias
Convento da Tomina Tinto
Nome: Convento Tomina Classe: Vinho Tinto Região: Vidigueira, Alentejo. Designação: D.O.C. Alentejo Castas: Aragonês, Trincadeira, Alicante Bouschet, Alfrocheiro Vinificação: Em inox, aroma intenso e fruta madura sabor ligeiro acídulo, aspecto límpido Sugestões Gastronómicas: Peixe no Forno condimentado,carnes com pouco tempero, grelhados. Teor Alcoólico: 14.5% Vol. Temperatura como servir: 16ºC Enólogo : João Melícias  
Volteface Reserva Tinto
Nome:  Volteface  Reserva Tinto Classe:  Vinho Tinto Região:  Alentejo Designação: Vinho Regional Alentejano Castas:  Alicante Bouschet 75%, Syrah 25% Vinificação:  Vinificadas em pequenas cubas e com maceração moderada. Notas de Prova: Vinho de cor granada escura, aromas compotas de frutos vermelhos, de especiarias e tosta com taninos nobres e firmes num final poderoso e elegante. Estágio:  Estágio  de 12 meses em barricas de carvalho Francês 225 L. Sugestões de Gastronómicas:  Pratos requintados de carnes tal como perdiz à Convento de Alcântara foie gras, queijos gordos. Temperatura como servir:  Entre 16-18ºC Características Químicas:
  • Acidez Total: 6,1 g/dm3
  • PH: 3,64
Teor Alcoólico:  14,5% Vol. Enólogo:  Teresa Metelo Dias  
Volteface Reserva Tinto 1,5 L
Nome:  Volteface  Reserva Tinto Classe:  Vinho Tinto Região:  Alentejo Designação: Vinho Regional Alentejano Castas:  Alicante Bouschet 75%, Syrah 25% Vinificação:  Vinificadas em pequenas cubas e com maceração moderada. Notas de Prova: Vinho de cor granada escura, aromas compotas de frutos vermelhos, de especiarias e tosta com taninos nobres e firmes num final poderoso e elegante. Estágio:  Estágio  de 12 meses em barricas de carvalho Francês 225 L. Sugestões de Gastronómicas:  Pratos requintados de carnes ou caça tal como perdiz à Convento de Alcântara foie gras, queijos gordos. Temperatura como servir:  Entre 16-18ºC Características Químicas:
  • Açúcar Residual : 1,1 g/dm3
  • Acidez Total: 5,8 g/dm3
  • PH: 3,76
Teor Alcoólico:  14,5% Vol. Enólogo:  Teresa Metelo Dias