Areias da Patã Tinto
Nome: Areias da Patã Classe: Vinho Tinto Região: Tejo Designação: Vinho Regional Tejo Castas: Periquita, Tinta Roriz e Trincadeira. Vinificação: Tradicional dos tintos de curtimenta com remontagens e controlo de temperaturas. Estágio: Em cubas inox durante 12 meses. Notas de Prova: Vinho do ano, jovem, de cor viva, macio e frutado. Como Servir: Entre 16º a 18ºC Grau Alcoólico: 12% Vol. Enólogo: Luís Guimarães   
Forma de Arte Tinto 1,5 Litro
Nome:  Forma de Arte Classe:  Vinho Tinto. Região:  Tejo. Designação:  Vinho Regional Tejo Castas: Castelão Francês (Piriquita), Trincadeira Preta e Cabernet Sauvignon. Vinificação:  Colhidas e desengaçadas manualmente, pisadas a pé em pequenos lagares Notas de Prova:  Cor Rubi. Aroma bem conseguido, onde as notas verdes a Cabernet aparecem bem casadas com as restantes castas. Paladar macio e intenso, formando um conjunto forte, final persistente. Sugestões Gastronómicas:  Pratos bem condimentados, carnes e  pratos de caça. Como Servir:  Entre 16º a 18ºC Grau Alcoólico:  13% Vol. Enólogo:  Luís Guimarães
Paço de Aviz Castelão Tinto
Nome:  Paço de  Aviz Classe: Vinho Tinto Região:  Ribatejo Designação: Vinho Regional Ribatejo Castas:  Castelão Vinificação:  Maceração pelicular prolongada em cubas de aço inox. Fermentação:  Com remontagem e controlo de temperatura entre 24º e 27ºC. Estágio 3 meses em barricas de carvalho francês, 3 meses em garrafa. Notas de Prova:  Cor granada, Aroma fruto de amora, bem complexado com um toque subtil da madeira. Paladar encorpado evidenciando a fruta do aroma. Final de prova persistente. Sugestões Gastronómicas:  Pratos bem condimentados, carnes, pratos de caça e queijos. Como Servir:  Entre  16º a 18ºC Grau Alcoólico:  13% Vol. Enólogo:  Luís Guimarães
Marquês de Terena Tinto
Nome:  Marquês de Terena Classe:  Vinho Tinto Região:  Ribatejo Designação:  Vinho Regional Ribatejo Castas:  Castelão Francês, Trincadeira Preta Vinificação:  Curtimenta com maceração prolongada a controlo de temperatura. Notas de Prova:  Cor Rubi. Aroma bem conseguido, onde as notas verdes a Cabernet aparecem bem casadas com as restantes castas. Paladar macio e intenso, formando um conjunto forte, final persistente. Sugestões Gastronómicas:  Pratos bem condimentados, carnes vermelhas e pratos de caça Como Servir: Entre 16º a 18ºC Teor Alcoólico:  13% Vol. Enólogo:  Luís Guimarães
Paço de Aviz Tinto Cabernet Sauvignon
Nome:  Paço de Aviz Classe:  Vinho Tinto Região:  Tejo Designação:  Vinho Regional Ribatejo Castas:  Cabernet Sauvignon Vinificação:  Maceração pelicular prolongada em cubas de aço inox. Fermentação:  Com remontagem e controlo de temperatura entre 24º e 27ºC. Estágio 3 meses em barricas de carvalho francês, 3 meses em garrafa. Notas de Prova:  Frutos silvestres, bem casados com um toque subtil da madeira, evidenciando também as notas de pimentos verdes tão característicos desta casta. Paladar encorpado, macio, evidenciando a fruta do aroma, final persistente. Sugestões Gastronómicas:  Pratos bem condimentados, carnes, pratos de caça e queijos. Como Servir:  16º a 18ºC Grau Alcoólico:  13% Vol. Enólogo:  Luís Guimarães
Paço de Aviz Prestige Reserva Tinto
Nome:  Paço de Aviz Prestige Timto Classe:  Vinho Tinto Região:  Tejo Designação:  Vinho Regional Ribatejo Castas:  Castelão, Touriga Nacional, Trincadeira, Tinta Roriz e Cabernet Sauvignon. Vinificação:  Colhidas e desengaçadas manualmente , pisadas a pé em pequenos lagares de madeira ao longo de 22 dias seguindo de imediato para barricas novas de carvalho francês. Fermentação:  Malolática  e estagiou durante oito meses Notas de Prova:  Frutos silvestre, bem casados com um toque subtil da madeira. Sugestões Gastronómicas:  Pratos bem condimentados, carnes, pratos de caça e queijos. Como Servir:  Entre 16º a 18ºC Grau Alcoólico:  13% Vol. Enólogo:  Luís Guimarães
Azul Portugal Palmela
Nome:  Azul Portugal Ribatejo Classe:  Vinho Tinto Região:  Tejo Designação:  D.O.C. Tejo Castas:  Castelão (Piriquita) (80%), Trincadeira (20%) Vinificação:  Desengace e esmagamento Fermentação:  A temperaturas controladas co maceração em ânforas Argelinas. Prensagem pneumática, fermentação malolática em cubas de aço inoxidável. Filtragem e engarrafamento Notas de Prova: Cor:  Límpido, vermelho escuro. Aroma:  Complexo a frutas silvestres frescas, sobressaindo a framboesa. Nuances de morango e aromas florais. Boca:  Tal como o aroma, frutas silvestres frescas, Bem equilibrado com taninos macios boca final complexo e longo. Sugestões Gastronómicas:  Pratos caça, carnes vermelhas, massa e queijos. Como Servir:  Entre 16º a 18ºC Grau Alcoólico:  14% Vol. Produtor:  Companhia das Lezírias Enólogo:  Frederico Falcão