Quinta Poço do Lobo Reserva 1996 1,5 L
Nome:  Quinta Poço do Lobo Reserva 1996 Classe:  Vinho Tinto Região:  Beiras Designação:  Vinho Regional Beiras Castas:  Cabernet  Sauvignon 100% Vinificação:  AS melhores uvas criadas na nossa Quinta .do Poço do Lobo foram vindimadas manualmente , e após uma rigorosa selecção e desengace m maceraram 2 semanas em lagar com pisador pneumático. Após a fermentação malolática o vinho estagiou. Sugestões Gastronómicas:  Carnes Vermelhas assadas ou grelhadas, queijos de pasta mole e caça, entre outras iguarias. Como Servir:  Entre 16ºC Teor Alcoólico:  14% Vol.
Kompassus Private Collection Tinto 2009 – Magnum 1,5 L
Nome:  Kompassus  Private  Collection Classe: Vinho Tinto Região:  Bairrada Designação:  D.O.C. Bairrada Casta:  Baga 100% Estagio:  Vindimado na 3.ª semana de Outubro. Vindima em tempo seco e quente — 35°C. Maturação equilibrada. Vindima com duas escolhas. Fermentação em lagar aberto com 20% de engaço e pisa a pé. 22 meses de estágio em barricas novas e usadas de 400 e 700 litros. Nota Prova:  Cheio e opulento, perfumado, com notas especiadas, barro, fruta vermelha e preta, muito complexo, austero e elegante. Poderoso mas com textura aveludada, acidez muito fresca, longo, sedutor, mas sempre sério e reservado. Como Servir:  Entre 16º e 18ºC Teor Alcoólico:  14,9% Vol. PARÂMETROS ANALÍTICOS Acidez total: 6,7 g/l Açucares totais: 4,6 g/l pH: 3,45 Enólogo:  Anselmo Mendes Notas de Imprensa: PRÉMIOS E DISTINÇÕES Colheita 2005 - 18.5 pontos, Revista dos Vinhos Dezembro 2008, Melhores do ano Revista dos Vinhos Fevereiro 2009) Colheita 2009 -18 pontos Revista dos Vinhos Outubro 2012; 17,5 valores Revista dos Vinhos Set. 2013 2, Vinho de Excelência em Revista dos Vinhos Fevereiro 2012; 18 Valores 2011 – Garrafa Magnum 1500ml Colheita 2011 - Medalha de prata, concurso vinhos de Portugal 2015, Melhor de Portugal da região da Bairrada do ano 2014 em Revista Vinhos fev. 2015, Medalha de Prata Concurso Vinhos de Portugal, GRANDE MEDALHA DE OURO Portugal Wine Trophy 2016, 17,5 pontos (1º lugar) Painel Grandes Tintos da Bairrada, pela Revista de Vinhos, Setembro 2016; PRÉMIO DE EXCELÊNCIA
Muros Antigos Alvarinho 1.5 Litro
Nome: Muros Antigos Classe:  Vinho Verde Região:  Sub-Região Monção e Melgaço Denominação:  D.O.C. Vinhos Verdes Castas:  100% Alvarinho Vinificação:  Muros Antigos é um vinho branco 100% Alvarinho, obtido pela prensagem suave de uvas inteiras numa prensa vertical clássica. Elaborado a partir de uvas provenientes de vinhas seleccionadas por Anselmo Mendes, Muros Antigos é assim um vinho moderno com forte caracter varietal.
  • Sem desengace, prensa vertical e decantação 48 horas.
Fermentação:  em pequenas cubas de inox a velocidade constante durante 15 dias. Estágio de 4 meses sobre as borras finas com removimento semanal. Notas de Prova:  Trata-se de um vinho com um aroma muito intenso, com nuances de fruto tropical, destinto e elegante onde as qualidades da castas estão bem vincadas. Um vinho macio na boca, Frutado á casta com um final fresco e  longo com nuances minerais. Sugestões Gastronómicas:  Acompanha bem com pratos peixe e marisco. Teor Alcoólico:  12.5% Vol. Enólogo:  Anselmo Mendes CLASSIFICAÇÕES E PRÉMIOS:
  • 92 Pontos – WineEnthusiast ( 2018)
  • Prémio do Público (1º lugar) – Revista Proefschrift Magazine Holland em 2006
  • 92 Pontos – Parker´s Wine Buyer´s Guide
  • 93 Pontos – Revista Sibaritas – Grupo Penin – Janeiro 2009
  • Medalha de Ouro no Internacional Wine Challenge 2009
  • Troféu Melhor Branco Português 2009
  • Troféu Melhor Alvarinho Internacional 2009
  • 17,5 Pontos – Revista de Vinhos – colheita 2008
  • Vencedor da Prova de Alvarinhos Revista de Vinhos 2009
  • Medalha de Bronze 2011 – Decanter WWA
  • Medalha de Prata IWC 2012
  • Medalha de Prata 2012 - Decanter WWA
Quinta da Boa Esperança Rosé 1,5 Litro
Nome:  Quinta da Boa Esperança Classe:  Vinho Rosé Região:  Lisboa Designação: Vinho Regional Lisboa Castas:  Castelão (40%),Touriga Nacional (40%) e Syrah (20%) Nas Terras argilo-calcárias da Zibreira a Quinta da Boa Esperança é temperada pela influência marítima e beneficia de uma exposição solar de excelência. Em sintonia com a Natureza e com os antigos saberes, criamos um vinho genuíno que nos transporta a uma experiência única. Vindima:  100% manual para caixas de 15 kg Vinificação:  Desengace total e fermentação em inox com temperatura controlada de 12 graus. Nota de Prova:  De cor salmão pouco intensa, aroma fino delicado. Na boca é fresco, estruturado, intenso, com final muito longo Como Servir:  Servir a uma temperatura de 8ºC. Dados Analíticos: pH:  3,38 Acidez Total: 5.29 g/L Teor Alcoólico:  12.5% Vol. Enólogo:  Paula Fernandes
Quinta da Boa Esperança Rosé 3 Litros
Nome:  Quinta da Boa Esperança Classe:  Vinho Rosé Região:  Lisboa Designação: Vinho Regional Lisboa Castas:  Castelão (40%),Touriga Nacional (40%) e Syrah (20%) Nas Terras argilo-calcárias da Zibreira a Quinta da Boa Esperança é temperada pela influência marítima e beneficia de uma exposição solar de excelência. Em sintonia com a Natureza e com os antigos saberes, criamos um vinho genuíno que nos transporta a uma experiência única. Vindima:  100% manual para caixas de 15 kg Vinificação:  Desengace total e fermentação em inox com temperatura controlada de 12 graus. Nota de Prova:  De cor salmão pouco intensa, aroma fino delicado. Na boca é fresco, estruturado, intenso, com final muito longo Como Servir:  Servir a uma temperatura de 8ºC. Dados Analíticos: pH:  3,38 Acidez Total: 5.29 g/L Teor Alcoólico:  12.5% Vol. Enólogo:  Paula Fernandes
Quinta da Boa Esperança Rosé 750 Ml – 1.5 L – 3 L
Nome:  Quinta da Boa Esperança Classe:  Vinho Rosé Região:  Lisboa Designação: Vinho Regional Lisboa Castas:  Castelão (40%),Touriga Nacional (40%) e Syrah (20%) Nas Terras argilo-calcárias da Zibreira a Quinta da Boa Esperança é temperada pela influência marítima e beneficia de uma exposição solar de excelência. Em sintonia com a Natureza e com os antigos saberes, criamos um vinho genuíno que nos transporta a uma experiência única. Vindima:  100% manual para caixas de 15 kg Vinificação:  Desengace total e fermentação em inox com temperatura controlada de 12 graus. Nota de Prova:  De cor salmão pouco intensa, aroma fino delicado. Na boca é fresco, estruturado, intenso, com final muito longo Como Servir:  Servir a uma temperatura de 8ºC. Dados Analíticos: pH:  3,38 Acidez Total: 5.29 g/L Teor Alcoólico:  12.5% Vol. Enólogo:  Paula Fernandes
Espumante Kompassus Rosé 1,5 Litro
Nome:  Espumante Kompassus Rosé 1,5 Litro Região:  Bairrada Designação:  D.C.O. Bairrada Casta:  Baga; Touriga Nacional; Pinot Noir Vindima e Vinificação:  Vindimado na última semana de agosto. Maturação equilibrada, com vindima de 3 passagens. Fermentação em temperatura controlada 14°C. Uvas transportadas em caixas perfuradas de 15 kg. Uvas desengaçadas seguida de maceração pelicular. Prensagem e fermentação em inox. Tiragem em Março de 2012 segundo o método clássico Champanhês. Estágio sobre borras cerca de 4 anos. Dégorgement sem adição de açúcar – Brut Nature. Nota Prova:  Com Baga e Touriga, tem uma bonita cor de casca de cebola e aroma muito fino, expressivo mas ao mesmo tempo delicado, a bagas silvestres. A delicadeza aromática contrasta com a boca explosiva, resultando um espumante cheio de brilho e sabor Sugestões Gastronómicas:  Charcutaria, peixes, mariscos e carnes brancas Teor Alcoólico:  13% Vol. PARÂMETROS ANALÍTICOS Acidez total: 4.95 g/l Açucares totais: 6 g/l pH: 3,38 Enólogo:  Anselmo Mendes Notas de Impressa: Fugas do Público 29 Set.2012 4/5 Estrelas "...tem argumentos para se bater com muitos champanhes de preço bastante mais elevado. De aroma encantador, onde sobressaem as notas de brioche e de fruta agridoce, mostra grande delicadeza e complexidade..." PRÉMIOS E DISTINÇÕES Colheita 2011 - 17 pontos, Revista de Vinhos Agosto 2015, Melhores de Portugal 2015, Revista de vinhos 2016 Colheita 2011 – 17,5 pontos, Revista de Vinhos Novembro 2016
Espumante Caves São João Primeira Reserva 1,5 Litro
Nome:  Espumante Caves São João Primeira Reserva Magnum Região:  Bairrada  DOC Método:  Clássico Castas: Chardonnay Cercial, Baga e Arinto Vinificação:  Após uma prensagem muito delicada das uvas, vindimadas no final de Agosto e início de Setembro, o mostro fermentou durante 16 dias em cubas  de aço inoxidável  a temperatura controlada a elaboração, seguindo o método clássico , iniciou-se em Abril  com tiragem com leveduras livres, tendo a refermentação decorrido em cave durante 18 dias a 15ºC, ao que se seguiu um período de estágio em garrafa, sobre borras, de 14 meses, para o primeiro lote degorjado, em Setembro. Nota de Prova: Cor Amarela citrina Aroma. Tosta, frutos de polpa branca, manteiga e flores secas, dominam o aroma deste espumante rico e complexo Sabor. Possui ataque muito fresco, e excelente textura, evidenciando igualmente uma bela persistência gustativa. Sugestões Gastronómicas:  Saladas, mariscos,  peixe  e  carnes brancas entre outras iguarias . Como Servir:  Entre 8º e 10ºC Teor Alcoólico:  12,5% Vol. Análise Físico-Química Sobrepressão (bar): 6,4 Acidez volátil ( g acético/l ) 0,28 Acidez total ( g tartárico/l ) ,6,32 ph: 3,15 Extracto seco total ( g/l ): 21,6 Açucares totais ( g/l ): 1,7 SO2  Total ( mg/l ): 72 Potencial de envelhecimento: 2 anos após dégorgement Enólogo:  José Carvalheira