Dão Rotulo Tinto Niepoort 1,5 Litro
Nome:  Dão Rotulo Tinto Niepoort Classe: Vinho Tinto Região:  Dão Designação:  D.O.C. Dão Castas:  Touriga Nacional, Alfrocheiro e Jaen Idade das Cepas:  Entre os 20 e 50 anos. Fermentação:  Cubas de inox Vinificação:  O vinho envelheceu 22 meses em cubas de cimento. Foi engarrafado sem clarificação nem filtração sendo por isso normal o aparecimento de cristais depois de alguns anos de envelhecimento. Nota de Prova:  Cor rubi boa concentração. O aroma é muito elegante, ligeiramente floral, com notas de fruta silvestre alguns mentolados. M a boca, mostra-se vivo, e com acidez. A fruta fresca e os sabores especiados estão envolvidos num perfil mineral refrescante. Apresenta bom volume na boca, sem ser pesado, oferecendo um final perfumado, longo e muito equilibrado. Sugestões Gastronómicas: Pratos de cozinha tradicional portuguesa, tais como vitela estufada, arroz de pato, bacalhau assado no forno. Enchidos tradicionais. Como Servir:  Entre 16º a 18ºC. Teor Alcoólico: 12.5 % Vol. Análise Físico-Química Extracto seco – 32.8 Acidez residual  G/DM3 )  1 PH  3.79 Acidez Total ( G/DM3 ) 5.49 Acidez volátil ( G/DM3 ) 0,63 SO2 Livre de Enchimento ( MG/DM3 ) 35 SO2  Total ( MG/DM3): 96 Massa Volúmica ( G/CM3 ) 0.9944 Enólogo:  Dirk Niepoort
Dão Porta dos Cavaleiros Reserva Tinto 1991 1,5 L
Nome:  Dão Porta  DOS Cavaleiros  1991 1,5 L Classe:  Vinho Tinto Região:  Dão Designação:  DOC Dão Fundada em 1920 pelos irmãos José, Manuel e Albano Costa, as Caves São João são uma empresa familiar que, a princípio, se dedicava à comercialização de vinhos finos de Douro e licores. Aquela que é hoje a empresa familiar vinícola mais antiga ainda em atividade no concelho de Anadia, passou, nos anos 30 Vinificação:  Uvas provenientes de um dos melhores terroirs da região do Dão, vinificadas de forma cuidada pela tecnologia clássica de curtimenta. Como Servir:  Entre 16º e 17ºC Teor Alcoólico:  13% Vol.
Dão Porta dos Cavaleiros Reserva Branco 1984 1,5 Litro
Nome:  Dão Porta Cavaleiros Reserva 1984 Classe:  Vinho Branco Região:  Dão Designação:  D.O.C. Dão Castas: Malvasia 45%, Encruzado 35% e Bical 20% Vinificação:  Uvas provenientes de alguns dos melhores terroirs da região do Dão vinificadas de forma cuidada pela tecnologia clássica de fermentação em cuba de aço inoxidável com controlo de temperatura. Temperatura:  Entre 7º a 8ºC. Teor Alcoólico:  12.5% Vol.
Quinta do Infantado Tinto 1,5 L
Nome:  Quinta do Infantado 1,5 L Classe:  Vinho Tinto Região:  Douro Sub-Região:  Gontelho, Cima Corgo Classificação:  D.O.C. Douro Castas:  Vinha Velha (mistura) Touriga Nacional e Franca e Tinta Roriz Vinificação:  Fermentação em lagar com desengace parcial e pisa pé, tradição da quinta desde 1816. FML em cuba. Estágio:  Em cuba inox e barricas de carvalho de diversas origens e idades Notas de prova: Nota de Prova: Aroma vivo, fresco, frutado com nota floral e especiado. Boca ampla, fruta persistente, taninos de boa tensão. Curva de Envelhecimento: Pelas características organolépticas prevê-se uma maturação na garrafa positiva durante 3-10 anos. Sugestões Gastronómicas:  Lombo de Pregado com risoto de azeitonas pretas ou borrego em crosta mediterrânica. Como Servir:  Decantar 2h antes de servir a 17º/18º Teor Alcoólico:  14.0% Vol. Viticultura:  José Carlos Oliveira e João Roseira Enólogo:  Luís Soares Duarte e Fátima Ribas Prémios:  Quinta Infantado recebe 5 Medalhas  no Reino Unido
Pormenor Branco 1,5 L
Nome:  Pormenor Classe:  Vinho Branco Região:  Douro Designação:  D.O.C. Douro Castas:  Rabigato, Códega do Larinho Vinificação:  Esmagamento com desengace total, seguido de fermentação com forte maceração e temperatura controlada Fermentação:  Fermentou e estagiou em cuba de inox, apresentando-se muito fresco e mineral, que contrasta com uma elevada acidez, características típicas dos solos de micaxisto Nota de Prova:  Apresenta uma cor cristalina, revelando no nariz, aromas frescos a fruta discreta com predominante mineralidade. Na prova, apresenta um bom volume de boca e uma acidez muito própria curiosa e cativante. Um vinho com muita personalidade, leve, equilibrado e elegante, com notas de frutas cítricas e final de boca redondo e fascinante. Sugestões Gastronómicas:  Peixe grelhado e Mariscos, Carnes Brancas, Massas Como Servir:  Entre 8º e 10ºC Teor Alcoólico:  12.5% Vol. Análise Físico-Química Acidez volátil ( g acético/l ):0.3 Acidez total ( g tartárico/l ):4.6 ph:3.46 Extracto seco total ( g/l ): Açucares totais ( g/l ):0.6 SO2 Total ( mg/l ):0.4 Enólogo:  Luís Seabra e Pedro Coelho
Pormenor Reserva Branco 1,5 L
Nome:  Pormenor Reserva Classe:  Vinho Branco Designação:  D.O.C. Douro Castas:  Rabigato, Códega de Larinho Fermentação:  Fermentou e estagiou naturalmente durante 9 meses em barricas. Notas de Prova:  Cor limpa e vibrante. No nariz, descobrem-se aromas muito contidos e complexos evidenciando uma mineralidade muito própria. Toques cítricos evidentes e cativantes, com sugestões de ananas e lima que não escondem o toque suave do estágio em barrica usada de Carvalho Francês. Na prova, revela-se gordo e encorpado, simultaneamente muito elegante e de final longo com uma secura bastante evidente, resultado de elevada acidez natural, em equilíbrio perfeito com uma tosta de madeira fina e muito bem integrada. Sugestões Gastronómicas:  Peixe Assado, Carnes Brancas, Massas com queijos. Como Servir:  Entre 8 e 10º C: Teor Alcoólico:  12.5% Vol. Ph.3,26 Acidez Total:  5,7 g /dm3 Acidez Volátil: 0,4 g /dm3 Açúcar  Total: 1,5 g/dm3 Sulfatos: 0,6 g/dm3 Enólogo: Luís Seabra e Pedro Coelho
Pormenor Tinto 1,5 Litro
Nome:  PORMENOR Classe:  Vinho Tinto Região:  Douro Designação:  D.O.C. Douro Vinhas:  Vinhas velhas com idade superior a 50 anos, plantadas em altitude Castas:  Touriga Franca, Tinta Barroca, Tinta Roriz, Tinta Amarela e Rufete Fermentação:  Estágio de 14 meses em barricas usadas de Carvalho Francês Notas de Prova: Sugestões Gastronómicas: Como Servir:  Entre 8 e 10º C: Teor Alcoólico:  12,5% Vol. Ph. Acidez Total:   g /dm3 Acidez Volátil:  g /dm3 Açúcar  Total:  g/dm3 Sulfatos:  g/dm3 Enólogo: Luís Seabra e Pedro Coelho
Pormenor Tinto 3 L
Nome:  PORMENOR Classe:  Vinho Tinto Região:  Douro Designação:  D.O.C. Douro Vinhas:  Vinhas velhas com idade superior a 50 anos, plantadas em altitude Castas:  Touriga Franca, Tinta Barroca, Tinta Roriz, Tinta Amarela e Rufete Fermentação:  Estágio de 14 meses em barricas usadas de Carvalho Francês Notas de Prova: Sugestões Gastronómicas: Como Servir:  Entre 8 e 10º C: Teor Alcoólico:  12,5% Vol. Acidez Total:   g /dm3 Acidez Volátil:  g /dm3 Açúcar  Total:  g/dm3 Sulfatos:  g/dm3 Enólogo: Luís Seabra e Pedro Coelho
Pormenor Tinto 5 L
Nome:  PORMENOR Classe:  Vinho Tinto Região:  Douro Designação:  D.O.C. Douro Vinhas:  Vinhas velhas com idade superior a 50 anos, plantadas em altitude Castas:  Touriga Franca, Tinta Barroca, Tinta Roriz, Tinta Amarela e Rufete Fermentação:  Estágio de 14 meses em barricas usadas de Carvalho Francês Notas de Prova: Sugestões Gastronómicas: Como Servir:  Entre 8 e 10º C: Teor Alcoólico:  12,5% Vol. Acidez Total:   g /dm3 Acidez Volátil:  g /dm3 Açúcar  Total:  g/dm3 Sulfatos:  g/dm3 Enólogo: Luís Seabra e Pedro Coelho
Quinta do Sobreiró de Cima Reserva Tinto 1,5 L
Nome:  Quinta do Sobreiró de Cima Reserva 1,5 L Classe:  Vinho Tinto Região:  Trás Os Montes Designação: DOC  Trás Os Montes Castas: Touriga Nacional (50%), Trincadeira (35%), Bastardo (15%). Origem:  Solos xistosos da Quinta do Sobreiró de Cima, com exposição predominante Sul. Vinificação:  Vindima manual para pequenas caixas perfuradas. Recepção com desengace e esmagamento de imediato. Fermentação em cubas inox, com curtimenta em temperatura controlada de cerca de 23ºC. Maceração prolongada e fermentação maloláctica em madeira de carvalho. Estágio: Durante 12 meses em madeira de carvalho francês. Notas de Prova: Na Quinta do Sobreiró de Cima selecionamos as melhores uvas das castas Touriga Nacional, Trincadeira e Bastardo para criar o nosso vinho tinto Reserva. De cor granada profunda, tem um aroma de frutos pretos maduros, especiarias e um toque balsâmico, harmonizados pelo estágio em madeira de carvalho francês durante 12 meses. Na boca sente-se um frutado intenso, com taninos aveludados e um final longo e persistente. O nosso Reserva é um vinho mais encorpado, cujo estágio conferiu mais complexidade e equilíbrio. Sugestões Gastronómicas:  Este vinho é ideal para acompanhar pratos intensos de carne, caça ou queijos. Como Servir:  Servir a uma temperatura de 17ºC. Dados Analíticos: pH:  3,6 Acidez Total: 5.2 g/L Açúcares Totais:  3.0 g/L Teor Alcoólico:  14%  Vol. Enólogo:  Luís Cortinhas
Dialogo Tinto 2018 1,5 Litro Niepoort
Nome:  Dialogo Tinto 1,5 Litro Classe:  Vinho Tinto Região:  Douro Designação:  D.O.C. Douro Castas:  Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Amarela, Tinta Roriz. e outras. Vinificação:  As uvas foram colhidas em óptimo estado de maturação, com um alto teor de acidez e níveis de açúcar equilibrados. Após selecção à entrada da adega, as uvas foram 100% desengaçadas e a fermentação decorreu em cubas de inox com 8 a 15 dias de maceração pelicular. 15% do vinho foi envelhecido em barricas usadas de carvalho francês durante 12 meses. Notas de Prova:  Cor vermelha média. Expressivo no aroma, apresenta algumas nuances florais e de frutos silvestres, dominados por um perfil balsâmico fresco. No palato, é mais elegante do que a edição anterior, com um carácter marcadamente mineral. De grande equilíbrio e elegância, este vinho apresenta o estilo simples (descomplicado) que nos propusemos alcança. Sugestões  Gastronómicas:  Carnes brancas (peru, frango,..) Sugestões vegetarianas:  pratos com massa. Como Servir:  Entre 16º e 18 Teor Alcoólico:  13% Vol. Análise Físico-Química Extracto seco – 26.8 Açúcar residual ( G/DM3 )  0.6 PH  3.63 Acidez Total ( G/DM3 ) 4.7 Acidez volátil ( G/DM3 ) 0,7 SO2 Livre de Enchimento ( MG/DM3 ) 28 SO2  Total ( MG/DM3): 73 Massa Volúmica ( G/CM3 ) 0.9924 Teor Alcoólico:  13% Vol. Enólogo:  Dirk Niepoort
Dialogo Tinto 3 Litro Niepoort
Nome:  Dialogo Tinto 3 Litro Classe:  Vinho Tinto Região:  Douro Designação:  D.O.C. Douro Castas:  Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Amarela, Tinta Roriz. e outras. Vinificação:  As uvas foram colhidas em óptimo estado de maturação, com um alto teor de acidez e níveis de açúcar equilibrados. Após selecção à entrada da adega, as uvas foram 100% desengaçadas e a fermentação decorreu em cubas de inox com 8 a 15 dias de maceração pelicular. 15% do vinho foi envelhecido em barricas usadas de carvalho francês durante 12 meses. Notas de Prova:  Cor vermelha média. Expressivo no aroma, apresenta algumas nuances florais e de frutos silvestres, dominados por um perfil balsâmico fresco. No palato, é mais elegante do que a edição anterior, com um carácter marcadamente mineral. De grande equilíbrio e elegância, este vinho apresenta o estilo simples (descomplicado) que nos propusemos alcança. Sugestões  Gastronómicas:  Carnes brancas (peru, frango,..) Sugestões vegetarianas:  pratos com massa. Como Servir:  Entre 16º e 18 Teor Alcoólico:  13% Vol. Análise Físico-Química Extracto seco – 26.8 Açúcar residual ( G/DM3 )  0.6 PH  3.63 Acidez Total ( G/DM3 ) 4.7 Acidez volátil ( G/DM3 ) 0,7 SO2 Livre de Enchimento ( MG/DM3 ) 28 SO2  Total ( MG/DM3): 73 Massa Volúmica ( G/CM3 ) 0.9924 Teor Alcoólico:  13% Vol. Enólogo:  Dirk Niepoort